Veja as dicas que o Stoodi preparou para você descobrir como fazer intercâmbio!

Estudar em outro país, com certeza, é uma experiência transformadora. Afinal, o estudante tem oportunidade de conhecer um novo idioma, aprender sobre outra cultura, fazer novas amizades e observar a vida com outros olhos. Se esse é o seu desejo, você precisa entender como fazer intercâmbio e o que é necessário para realizar esse sonho.

São diversos fatores que o jovem deve levar em consideração para fazer um planejamento adequado e tomar as melhores decisões antes de iniciar seu programa de intercâmbio e, assim, garantir que seja um projeto de sucesso e com muito aprendizado.

Para ajudá-lo a compreender melhor o que é intercâmbio e como funciona, preparamos este post. Aqui você poderá esclarecer suas dúvidas para embarcar nessa jornada. Boa leitura!

 

Como funciona um intercâmbio

Originalmente, os programas de intercâmbio tinham o intuito de promover a troca entre os estudantes. Dessa forma, por exemplo, um brasileiro ia para a casa de um canadense e ele, por sua vez, vinha para a casa do brasileiro. Assim, adquiriam conhecimentos através da experiência em um outro país.

Com o passar do tempo e o avanço da globalização, a forma como funciona um intercâmbio mudou um pouco. Hoje em dia não há, necessariamente, a troca de estudantes, mas simplesmente o ato de passar uma temporada no exterior, estudando, trabalhando ou apenas vivenciando a nova cultura.

Essas viagens, geralmente, duram de seis meses a um ano e são intermediadas por agências de intercâmbio ou instituições de ensino. Durante esse tempo, o estudante pratica um novo idioma e adquire conhecimentos que o tornam um profissional bem mais valorizado.

 

Quais são as opções de intercâmbio

Há vários tipos de intercâmbio, e cada um deles tem objetivos específicos, cabendo ao interessado analisar qual é a melhor opção para seu perfil. As possibilidades são divididas basicamente em quatro categorias, como especificado a seguir:

  • intercâmbio de ensino médio: essa categoria, também conhecida como High School, é a opção mais adequada para jovens de 14 a 19 anos que desejam cursar um semestre ou um ano do ensino médio no exterior;
  • intercâmbio de idiomas: voltado para quem tem como objetivo desenvolver uma nova língua, esse tipo de intercâmbio costuma durar de um mês a um ano e alcança desde alunos de nível básico até os avançados no idioma;
  • intercâmbio acadêmico: é oferecido através de programas das universidades, e indicados para os estudantes que pretendem se aprofundar em sua área de atuação e obter maior experiência durante o tempo de seis meses a um ano;
  • intercâmbio profissional: essa é a opção para os interessados em trabalhar durante um período no exterior, desenvolvendo-se profissionalmente e até garantindo uma renda. Para essa categoria há, por exemplo, opções de trabalho nas férias, estágio e voluntariado.

 

Como fazer um intercâmbio?

passageira de avião como fazer intercâmbio

Se você já se decidiu e quer realmente entrar nessa empreitada, é o momento de saber como planejar o intercâmbio. Essa é uma etapa de extrema importância, pois é a chave do sucesso para a sua viagem. Por isso, preparamos um passo a passo para você seguir e atingir suas metas.

1. Escolha seu destino

Para escolher o melhor local para a viagem de intercâmbio, é preciso levar em conta os objetivos que se tem e o melhor destino para alcançá-los. Quase todos os países estão abertos a receber intercambistas, mas é preciso fazer uma boa análise para se decidir.

Se o foco é o intercâmbio acadêmico, é necessário procurar um lugar que ofereça possibilidades na área; já se o intuito é aprender um idioma, é preciso verificar as possibilidades nos países onde o idioma é falado. Também é importante analisar as características do local, como clima, cultura e estilo de vida, além de se informar sobre o que é oferecido durante a estadia.

2. Veja com sua universidade

Algumas universidades públicas e privadas possuem convênio com instituições no exterior e, dessa forma, facilitam a troca de estudantes para passar um período em outro país, aprofundando-se na área em que estudam e garantindo uma grande experiência.

Então, uma boa alternativa para decidir o melhor destino e o tipo de intercâmbio para você é verificar com sua universidade se ela oferece um programa e como conseguir intercâmbio com sua intermediação. Informe-se com relação ao tempo de duração do intercâmbio, objetivos, valores e como participar.

3. Estime um preço

Para não enfrentar dificuldades com dinheiro no exterior, é imprescindível ter um bom planejamento financeiro, considerando os gastos com a viagem, a mensalidade do curso, o custo de vida e demais despesas necessárias. Você deverá fazer uma estimativa dos gastos e definir o quanto precisará para passar a temporada fora do Brasil.

As pesquisas são fundamentais nessa etapa, tanto avaliando os custos no país de destino quanto procurando as melhores opções de agências com relação ao custo-benefício. Você poderá, inclusive, se candidatar para algum programa de incentivo e receber uma bolsa para custeio de transporte, hospedagem e alimentação.

4. Prepare os documentos

Os documentos a serem providenciados dependerão do país que você escolheu para fazer intercâmbio. Para alguns destinos, por exemplo, há a necessidade de visto, já para outros, não. Por isso, lembre-se de verificar com sua agência ou com a embaixada do destino quais são as exigências e prepare a documentação.

Alguns dos principais documentos para intercâmbio são:

  • passaporte;
  • carteira de identidade;
  • comprovante de residência;
  • certificado de estudo;
  • carteira de trabalho.

5. Economize!

Qualquer programa de intercâmbio envolve gastos. Até mesmo se você conseguir uma bolsa e tiver como fazer intercâmbio gratuito, terá as despesas para se manter no local. Então, é preciso mudar os hábitos de consumo e começar a economizar desde o início do planejamento.

Tendo uma estimativa de quanto é necessário providenciar para investir nesse sonho, você poderá adotar medidas que ajudarão a juntar dinheiro, como:

  • ter uma boa organização financeira;
  • reduzir os gastos do dia a dia;
  • cortar gastos inúteis;
  • conseguir uma renda extra;
  • investir seu dinheiro.

Agora que você já pôde entender como fazer intercâmbio e quais as melhores opções para o seu perfil, aprimore seus estudos com o Stoodi e garanta seu progresso na universidade. Faça o cadastro gratuito em nosso site e aproveite!

Beatriz Abrantes

Cursando jornalismo, é apaixonada pela profissão e por inventar receitas em sua cozinha. Faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi, focada em SEO. A Bia adora dançar, participa de ONG’S de proteção aos animais e ama passar tempo vendo filmes. Conheça mais os seus textos!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!