William Shakespeare é considerado um dos maiores escritores de todos os tempos. O inglês era dramaturgo, poeta e ator, e deixou uma obra de 38 peças de teatro, 154 sonetos, dois longos poemas narrativos, além de alguns versos soltos cuja autoria é disputada.

As peças de Shakespeare já foram traduzidas em todas as línguas modernas e são mais encenadas pelo mundo que as de qualquer outro dramaturgo, além de serem frequentemente adaptadas para outros meios, como a televisão, cinema, quadrinhos e romances.

Se você quer conhecer um pouco mais da vida e das obras de William Shakespeare para se preparar para as provas de vestibular e para o Enem, este texto é para você!

Biografia de William Shakespeare

Difícil saber quem foi William Shakespeare realmente, pois existem poucos registros de sua vida privada, e, por isso, muitos especulam sobre sua aparência física, suas crenças religiosas e até sua sexualidade.

Sabe-se que ele nasceu em Stratford-upon-Avon, uma cidadezinha no interior da Inglaterra, em 1564, que se casou aos 18 anos e que ele e sua esposa, Anne Hathaway, tiveram três filhos. Depois de viver em Londres por muitos anos, acredita-se que ele tenha voltado a Stratford em torno de 1613, onde morreu, aos 52 anos, em 1616.

Foi em Londres que Shakespeare escreveu a maior parte de suas obras. Ele ficou conhecido na cidade e manteve uma carreira de sucesso como ator, escritor e proprietário de uma companhia de teatro, a Lord Chamberlain’s Men, apelidada de King’s Men. Shakespeare é conhecido hoje como o poeta nacional da Inglaterra, sendo chamado de Bardo do Avon, ou somente O Bardo.

Obras de William Shakespeare

Os estudiosos do autor inglês costumam dividir sua produção em quatro períodos, dentro do Renascimento Cultural, na transição da Idade Média para a Idade Moderna. Seus primeiros trabalhos eram dedicados às comédias, se baseando muito nas tradições romanas e italianas. Depois, adotando um tom mais único, William Shakespeare se dedicou a comédias e tragédias baseadas em eventos e personagens históricos, como Romeu e Julieta e A tragédia de Júlio César.

A partir do final do século XVI, Shakespeare se voltou exclusivamente para as tragédias, sendo algumas dessas suas principais obras, como Hamlet, Rei Lear e Macbeth. Já em sua fase final, o autor se concentrou em tragicomédias e romances.

William Shakespeare: poemas

Os poemas de William Shakespeare jamais fizeram tanto sucesso quanto seu trabalho como dramaturgo. Acredita-se que muitos de seus sonetos tenham sido escritos como encomendas particulares. Eles geralmente tratam de temas como amor e paixão, procriação, morte e tempo. Durante a peste, quando os teatros de Londres foram fechados, Shakespeare escreveu dois poemas eróticos, conhecidos como Vênus e Adônis e O estupro de Lucrécia. Como os registros históricos sobre os poemas são escassos, chegou-se a questionar a autoria dessas obras, mas, atualmente, é aceito pela maioria dos estudiosos que os escritos são mesmo de William Shakespeare.

imagem william shakeaspeare

William Shakespeare: peças

Essas são as principais obras de teatro de Shakespeare:

  • Romeu e Julieta: a tragédia mais famosa do autor conta a história de dois jovens de famílias inimigas que se apaixonam, Julieta Capuleto e Romeu Montéquio. É uma das obras mais adaptadas de todos os tempos, tendo ficado conhecida por seu final trágico, em que os amantes se suicidam;
  • Rei Lear: mais uma tragédia, considerada por muitos uma das obras-primas de Shakespeare. Inspirada em lendas britânicas, conta a história do Rei Lear da Grã-Bretanha, que enlouquece após ser traído por duas de suas três filhas ao dividir seu reino entre elas;
  • Macbeth: tragédia sobre o barão e a baronesa Macbeth, que bolam um plano para assassinar o rei e subir ao cargo. Mas as consequências do crime são brutais para o novo rei, que não consegue viver com sua decisão gananciosa;
  • Sonho de uma noite de verão: comédia sobre quatro jovens enamorados que se encontram e desencontram durante uma noite em um bosque. A peça foi escrita por Shakespeare para um casamento na vida real, e não tem nada de trágica. Pelo contrário, a escrita do autor é divertida e movimentada por paixões, casamentos, brigas e reconciliações;
  • A megera domada: uma das primeiras comédias de Shakespeare, também se concentra em temas como casamento, guerra dos sexos e conquistas amorosas. Diferente de outras comédias do autor, o casamento de Catarina e Petrúquio não é a ação final, mas o ponto de partida para a história;
  • Hamlet: a tragédia mais longa e uma das mais famosas de Shakespeare conta a história da vingança do príncipe Hamlet pela morte de seu pai, executado por seu tio. A peça explora temas como a vingança, a traição, a corrupção e a moralidade das ações de Hamlet.;
  • Júlio César: uma das tragédias baseadas em personagens históricos, o autor reconta a conspiração contra Júlio César, imperador de Roma. Apesar do nome, Júlio César não é o personagem principal da peça, sendo o protagonista um amigo do imperador que retrata sua amizade com ele. É dessa obra que saiu a famosa frase: “Até tu, Brutus?”, que se refere a um dos assassinos de César;
  • Otelo: uma das peças mais reproduzidas de Shakespeare, Otelo retrata o drama de quatro personagens: o general Otelo, sua esposa Desdêmona, o tenente Cássio e o oficial Iago. A história gira em torno da rivalidade entre eles, gerando traições, ciúme e assassinatos;
  • O mercador de Veneza: tragicomédia sobre o mercador Antônio e o agiota judeu Shylock, o personagem mais lembrado da obra;
  • Ricardo III: tragédia sobre o Rei Ricardo III da Inglaterra, baseada em fatos reais. É a segunda maior peça de Shakespeare e raramente é apresentada em sua versão integral. Conta a história de como Ricardo III subiu ao trono e seu curto reinado.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre a vida e obra de um dos maiores escritores de todos os tempos? Os trabalhos de William Shakespeare estão tão difundidos na nossa cultura que, mesmo que você não tenha lido as versões originais, provavelmente já esbarrou com elas em alguma releitura.

E se você está se preparando para os vestibulares e para o Enem, que tal assistir às aulas e fazer os exercícios online de Literatura do Stoodi? Teste seu conhecimento sobre teoria literária, gêneros e eras, escolas literárias e obras específicas que costumam ser cobradas nessas provas.

Se você ainda não se inscreveu, faça seu cadastro gratuito na plataforma Stoodi e comece a estudar agora mesmo!

Renata Celi

Cursando relações internacionais, ama viajar e tomar sol. A Renata faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi e faz trabalho voluntário com crianças nas horas vagas. A Rê adora comida, conhecer gente nova, mas, principalmente, ver filmes repetidos. Conheça mais os textos da Renata!