As disciplinas de Ecologia e Geografia são de grande importância para a prova do Enem, sendo que os diversos assuntos são abordados até mesmo na redação. Especificamente sobre o Brasil, conhecer os biomas brasileiros é fundamental para conseguir uma boa prova no exame.

Poucos biomas são tão conhecidos e possuem uma importância tão grande para a história do Brasil quanto a Mata Atlântica. Quer saber mais sobre ela? Então, continue a leitura!

A Mata Atlântica é considerada uma das florestas com maior biodiversidade do planeta e, paradoxalmente, uma das mais ameaçadas de extinção. O bioma está localizado em uma área que totaliza 15% do território nacional brasileiro. Inclui 17 estados, sendo eles: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

De todos esses estados citados acima, 14 são costeiros, característica marcante do bioma da Mata Atlântica. Na época do descobrimento do Brasil pelos portugueses, a Mata Atlântica chegava a uma área de 1.315.460 quilômetros quadrados. Infelizmente, devido à alta exploração desde então, restam apenas 12,4% dessa área, sendo que disso, 80% estão localizados em áreas privadas.

Mais de 70% da população brasileira, além de sete das nove grandes bacias hidrográficas do Brasil e três das maiores metrópoles da América do Sul se encontram inseridos no bioma da Mata Atlântica. Há muitos séculos a floresta oferece possibilidades inúmeras para atividades vitais da economia, desde a agricultura e a pesca até o turismo e a geração de energia elétrica.

Para a Unesco, a Mata Atlântica é considerada uma Reserva da Biosfera, modelo que busca gerir sustentavelmente os recursos naturais presentes no bioma. Detém esse título desde 2008, sendo a primeira Reserva da Biosfera do Brasil a receber a denominação internacional.

História da Mata Atlântica

Logo após o descobrimento do Brasil pelos navegantes portugueses, grande parte da Mata Atlântica foi completamente destruída, principalmente devido à grande exploração dos recursos oferecidos pela floresta. Uma espécie sofreu especialmente com esse desmatamento: o pau-brasil. O resultado levou praticamente à sua extinção.

A grande devastação se iniciou já no ano de 1502, a partir do qual o novo território descoberto passou a ser chamado de “Terra Brasilis”, justamente pela abundância do pau-brasil na região. Além dele, outras madeiras nobres foram exaustivamente extraídas, como a sucupira, jacarandá, peroba e várias outras.

Apesar da presença dos numerosos povos indígenas, os relatos da época descrevem uma floresta densa e praticamente intocada. Infelizmente, esse cenário contrasta com a situação atual, na qual a Mata Atlântica está restrita a pequenas porções.

Clima da Mata Atlântica

Como a Mata Atlântica está presente em uma faixa muito extensa do território brasileiro, o microclima é alterado de região para região. Entretanto, é possível observar algumas características generalizadas das condições climáticas do bioma.

Num panorama geral, o clima predominante na Mata Atlântica é o tropical úmido, que apresenta temperaturas elevadas e extensos períodos de chuvas, muito abundantes. Não há uma definição de períodos de secas.

Em algumas regiões específicas, é possível encontrar o clima tropical de altitude, principalmente na região sudeste, e o clima subtropical úmido, na região sul. Apesar de pequenas diferenças na variação de temperatura e precipitação, o quadro geral é de calor e muita chuva.

Fauna da Mata Atlântica

A fauna da Mata Atlântica é uma das mais ricas do Brasil. Abriga mais de 800 espécies de aves, quase 400 espécies de anfíbios, 200 de répteis, 270 de mamíferos e mais de 350 espécies diferentes de peixes.

Os animais mais conhecidos do bioma estão, infelizmente, inseridos num contexto de risco grave de extinção. Alguns deles são: mico-leão-dourado, tamanduá-bandeira, onça-pintada, jaguatirica, arara-azul, entre vários outros, considerados até mesmo símbolos nacionais.

Mesmo com as faixas restritas de Mata Atlântica existentes hoje em dia, existem várias espécies que ainda nem foram catalogadas. Isso significa que, pela redução contínua dos habitats naturais, é possível que muitos animais sejam extintos sem nunca terem sido descobertos pelos cientistas.

onça pintada mata atlântica

Flora da Mata Atlântica

A Mata Atlântica é uma das florestas com maior biodiversidade florística em todo o planeta. São mais de 20.000 espécies de plantas, o que corresponde a impressionantes 35% de todas as espécies encontradas no Brasil.

A diversidade é tão grande que supera, em uma média por hectare, a quantidade de espécies de vegetação da própria Amazônia. Isso significa que a Mata Atlântica apresenta a maior diversidade por unidade de área de todo o planeta.

Infelizmente, das cerca de 200 espécies de plantas ameaçadas de extinção no Brasil, 117 pertencem à Mata Atlântica, o que ilustra muito bem o risco que o bioma corre.

O que é a SOS Mata Atlântica?

Frente ao grave quadro de extinção de várias espécies presentes na Mata Atlântica e o risco de desaparecimento do próprio bioma, foi criada, em 1986, a Fundação SOS Mata Atlântica.

Trata-se de uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que tem como missão promover a conservação da biodiversidade da Mata Atlântica e de todos os ecossistemas que estão sob influência desse bioma. Dentre suas principais atividades, está o estímulo às práticas de desenvolvimento sustentável, promovendo a educação e o conhecimento sobre a Mata Atlântica.

Suas atividades envolvem, ainda, projetos de conservação, produção e catalogação de dados, mapeamento, monitoramento da flora e fauna, realização de campanhas de estudos ambientais, entre várias outras estratégias, tanto no campo técnico quanto na frente social.

A Mata Atlântica é, sem dúvidas, um dos biomas mais importantes do Brasil e do mundo. É também, infelizmente, um dos mais ameaçados, tanto pela sua proximidade com os centros urbanos quanto pela própria história de exploração de sua flora e fauna.

Curtiu nosso post sobre a Mata Atlântica? Então aproveite para conferir nossos exercícios de Geografia. Fique ligado também para as videoaulas sobre a disciplina! E não deixe de ler nosso post sobre os animais em extinção no Brasil e no mundo!

6 Shares:
Você pode gostar também