Quando você está se preparando para entrar na faculdade ou ir bem na prova do ENEM geralmente tem uma quantidade grande de matérias e conteúdo para estudar. 

mesmo que você se dedique somente aos estudos, e principalmente, se você estuda e trabalha, um bom planejamento de estudos vai fazer toda a diferença na hora de estudar 

Mas atenção! Nesse planejamento você deve cuidar para não priorizar somente aquela disciplina em que tem mais dificuldade. A melhor forma de absorver esses conteúdos é criando um ciclo de estudos intercalado. Assim, você irá absorver melhor as matérias e ir em busca da tão esperada aprovação.

Quer aprender a montar esse planejamento? Continue lendo essa publicação. 

Mas afinal: O que é Estudo Intercalado? 

Existem várias maneiras e técnicas para aprendizado. Mas, na hora de escolher qual usar, algumas dúvidas podem surgir: vale mais estudar a mesma disciplina por diversas horas? Será que devo alternar matérias? Alguns pesquisadores foram atrás dessas respostas e fizeram  testes com estudantes universitários. 

Na pesquisa ficou claro que aqueles estudantes intercalaram disciplinas tiveram um melhor desempenho 

O estudo intercalado, que também é conhecido como rotação de matérias, consiste em distribuir os conteúdos que você precisa estudar em um mesmo período para cada um deles.  

Essa técnica é ideal para os estudantes que possuem muitas matérias e assuntos de estudos. Fazendo a rotação, é possível otimizar o tempo dedicado ao aprendizado de cada uma delas. 

Pense, por exemplo, npreparação para o Enem. A prova é baseada na interdisciplinaridade, ou seja, várias questões associam diversos temas, o que acaba abrangendo mais de uma matéria. 

Se você está se preparando para o exame mais famoso do país, o estudo intercalado pode ser melhor para você. Explicaremos mais no decorrer do texto. 

Mas como montar esse cronograma de estudos? 

  1. Estabeleça o tempo total de estudos que você consegue ter por dia. Vamos chamar esse tempo de ciclo. 
  2. Determine quantas e quais matérias serão estudadas naquele ciclo. Busque não colocar mais de cinco matérias por ciclo.
  3. Distribua o tempo que você tem entre as matérias escolhidas. E adicione também pequenas pausas. Procure estudar pelo menos 1h cada uma das matérias e cuide para não ficar mais de 2h em cada uma delas.  

Se há dias em que você consegue estudar seis horas e em outros apenas três, essa técnica de estudo vai ajudar que você veja um pouco de cada uma das matérias que tem para aprender,  dentro do tempo disponível, não importando a duração dele. 

Para determinar quantas e quais matérias serão estudadas naquele ciclo, temos uma dica: se você intercalar matemática e outra disciplina com cálculo, será como se você estivesse estudando um assunto só durante todo o ciclo. 

 Intercale por exemplo, matemática, história e biologia em um ciclo; geografia e física em outro; português e química em outro. 

E o melhor de misturar disciplinas diferentes é que isso estimula a memória de longo prazo e ajuda o cérebro na tarefa de resgatar os conteúdos já estudados, ajudando na fixação 

Se você já ingressou em uma universidade, aplique ao exemplo acima aquelas disciplinas que não têm nada a ver uma com a outra. 

Ok. Organizou as matérias por ciclo? Agora é hora de distribuir o tempo entre cada uma delas. Atenção, pois a vantagem do revezamento de disciplinas pode se perder se você ficar muito tempo em cada matéria. 

O ideal é ter mínimo de uma hora e o máximo de duas horas por disciplina. Por quê? O cérebro leva cerca de 20 minutos para começar a se concentrar, por isso 1h é o ideal para você conseguir focar nos estudos, e se você ficar mais que duas horas em um só assunto, pode facilitar a perda da concentração. 

Mas em alguns momentos você vai precisar diminuir ou estender um pouco esse tempo. Por exemplo, se você está finalmente assimilando um conteúdo que antes não conseguia entender, você pode e deve se prolongar alguns minutos antes que passar para a próxima matéria. 

Você pode fazer o mesmo se perceber que não está conseguindo se concentrar em alguma disciplina, não será prejudicial reduzir em alguns minutos e antecipar a próxima matéria. 

Mas lembre-se de anotar o tempo que ficou a mais em uma matéria ou menos na outra, para não descompassar seu ciclo de estudos. 

Quer um exemplo prático?

Digamos que na segunda-feira você pode estudar das 9h às 16h10, ou seja, cerca de 7 horas.
Mas temos que pensar que é necessário fazer uma pausa para o almoço e entre as matérias, essas pausas vão totalizar 1h.  

Então, você terá 6h no dia para estudar. 

Para que você fique um pouco mais de uma hora em cada matéria, escolha 4 delas e estude cada uma por cerca de 1h30. 

Olha só como ficaria o seu ciclo de estudos na segunda-feira: 

estudo intercalado

As vantagens do Estudo Intercalado 

Quando você reveza as matériasse mantém estudando por mais tempo e de maneira menos cansativa. Segundo as pesquisas, isso garante mais assimilação dos conteúdos. 

É também um bom exercício para você não deixar os estudos para a véspera da prova. 

O ideal é utilizar o estudo intercalado para provas de médio a longo prazo, pois você irá estimular a memória durante os estudos e também será uma motivação para estudar. 

Posso deixar a revisão de lado? 

Jamais! Os ciclos de revisão evitam que assuntos sejam esquecidosE ela funcionará da mesma forma que os ciclos de estudo.  

Mas existe algum critério para que uma disciplina entre no ciclo de revisão? 

Vários! Mas recomendamos que quando você atingir 30% do conteúdo teórico estudado, você já possa revisá-lo.  

Você deve estar se perguntando: como assim 30%? Olha só esse exemplo: 

Você estabeleceu estudar 9 horas de português e já estudou 3h. 

Os conteúdos estudados nessas três horas serão os primeiros a compor a sua revisão e com o passar do tempo, outras matérias avançarão e você precisará criar um ciclo para que esses conteúdos também sejam revisados. 

Gostou das dicas? Para mais conteúdos como esse, continue acompanhando o Stoodi e o blog do EAD PUCPR! 

0 Shares:
Você pode gostar também

Links para Download dos Livros do Vestibular 2014/15

Os estudantes que estão se preparando para prestar os mais diferentes vestibulares do Brasil acabam de ganhar uma mãozinha do Stoodi, plataforma online de vídeo aulas de preparação para o Enem e outros vestibulares. Antes de sair por aí comprando os livros importantes para as provas, que tal pesquisar os...
Leia mais

Qual o melhor método de estudo?

Descubra que tipo de aluno você é Existem diversas formas para estudar: por meio de leituras, produção de resumos, resolução de exercícios e outros. O que não paramos para analisar é como esses métodos podem facilitar a vida dos vestibulandos.  A memória reage de forma diferente aos tipos de estudo,...