Confira as mudanças nas taxas e formas de pagamento

Aproveitando que o assunto do momento é o Fies, chegou a hora de entender quais serão as mudanças para 2018. 

No início deste mês – no dia 6 de julho – o ministro da educação, Mendonça Filho, anunciou uma medida provisória que será aplicada no Fies 2018, com uma série de alterações no programa. Se você está contando com esse financiamento para dar continuidade aos seus estudos, veja quais são os tipos de financiamento, como ficaram as taxas e formas de pagamento.

A grande mudança é que, a partir do ano que vem, o Fies 2018 apresentará 3 modalidades: 

  1. Para estudantes do Brasil inteiro com renda familiar per capita de até 3 salários mínimos. Nesse caso, o financiamento é sem juros. 
  2. Para estudantes do Brasil inteiro com renda familiar de até 5 salários mínimos. Nesse caso, a taxa ainda será definida. 
  3. Para estudantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste com renda familiar per capita de até 5 salários mínimos. Nesse caso, a taxa é de 3% ao ano. 

Sob a justificativa de deixar o programa mais sustentável e evitar inadimplências, o ministro Mendonça Filho disse que a forma de pagamento do empréstimo também mudará. Segundo ele, quando o aluno estiver formado e conseguir um emprego, o valor quitado pelo Fies será descontado em até 30% por mês na folha de pagamento. 

Mendonça Filho. Foto de Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Foto de Marcelo Camargo/ Agência Brasil
 

Confira as principais mudanças do Fies 2018:

Tipos de financiamento:

Como é atualmente:     Como será no Fies 2018

Existe apenas um tipo de financiamento, destinado aos alunos com renda familiar per capita de até 3 salários mínimos.                      

    
A partir de 2018, teremos três tipos de financiamento, destinado aos estudantes de diferentes condições socioeconômicas e regiões brasileiras. 

Valor: 

Como é atualmente:    Como será no Fies 2018:

O aluno tem conhecimento do valor semestral do empréstimo e precisa renovar o Fies a cada seis meses.

O aluno saberá o valor total do financiamento assim que assinar o contrato.                                                                   

 

Pagamento: 

Como é atualmente: Como será no Fies 2018:

 

O estudante, depois de formado, tem um ano e meio para começar a pagar pelo empréstimo.                                                                                                          

 

 

A partir do momento em que o aluno se formar e conseguir um emprego, o valor quitado pelo Fies será descontado em até 30% por mês na folha de pagamento. 

Juros: 

Como é atualmente: Como será no Fies 2018:

Os juros são fixos de 6,5% ao ano.      

 

 

O Fies 2018 apresentará 3 tipos de taxas:

1ª Modalidade: sem juros. 
2ª Modalidade: juros de 3% ao ano. 
3ª Modalidade: ainda será definida.  

 

Limite de mensalidade: 

Como é atualmente: Como será no Fies 2018:

O valor máximo da mensalidade é de 5 mil. 

Não estão previstos valores máximos no Fies 2018. 

 

0 Shares:
Você pode gostar também
Inscrição para bolsas remanescentes do Prouni termina nesta segunda
Leia mais

Inscrição para bolsas remanescentes do Prouni termina nesta segunda

Serão oferecidas 16.004 bolsas no período do segundo semestre Foto: Leonardo Bettinelli/ UFPR  Candidatos que conseguiram entrar na lista de vagas remanescentes para bolsas do Prouni (Programa Universidade para Todos) neste segundo semestre de 2015 têm até as 23h59 desta segunda-feira (31) para concluir a inscrição. As inscrições no programa...
Selecionado no Fies tem até esta terça para confirmar inscrição
Leia mais

Selecionado no Fies tem até esta terça para confirmar inscrição

Programa do governo federal vai beneficiar 61,5 mil novos estudantes Os pré-selecionados para firmar contrato com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2015 têm até o fim desta terça-feira (1º) para concluírem suas inscrições no programa. O prazo, estipulado inicialmente para o dia 23, já foi...