Nada a ver ou nada a haver: saiba qual é a forma certa

Campanha Pesquisa de Carreiras

Saiba como escrever corretamente essa expressão tão usada no cotidiano

Quem nunca se pegou digitando uma expressão no Google só para ver se ela estava escrita corretamente? Pois é, isso acontece porque a Língua Portuguesa é uma das mais complexas de todas.

É por isso que hoje vamos explicar mais um caso de parônimo (palavras parecidas com significados diferentes). Você sabe qual é o certo: nada a ver ou nada haver? Vamos aprender!

O correto é nada a ver

Apesar das duas expressões terem o mesmo som, apenas uma delas é a correta. Nesse caso, a frase a ser usada é nada a ver.

Quando você quer dizer, por exemplo, que o filme não corresponde ao livro ou que o menino não se parece com seus amigos, você deve escrever assim: nada a ver – separado, com preposição a seguida do verbo ver.

Escrevemos dessa maneira justamente quando queremos indicar que algo não tem relação com outra coisa, que não diz respeito.

Quando usar nada haver

Por mais que possa parecer uma frase correta da língua portuguesa, a expressão nada haver não existe, portanto, nunca deve ser utilizada ao longo de um texto.

Exemplos de uso de nada a ver 

  • Eu não tenho nada a ver com o que aconteceu.
  • Uma coisa não tem nada a ver com outra.
  • Acho que seu problema de saúde tem a ver com sua ansiedade.

Nada haver
Para tirar suas dúvidas sobre outros tipos de parônimos, veja exemplos abaixo:

Obrigada ou obrigado: qual devo usar?
Pago ou Pagado: qual dos dois eu devo usar? 
5 verbos (e derivados) que podem causar dúvidas sobre regência

Quer ver muitas outras dicas importantes de gramática? Cadastre-se grauitamente no Stoodi e aproveite todo o conteúdo feito para você.

Campanha Pesquisa de Carreiras