O que estudar para o Enem

Confira nossas dicas para otimizar o seu tempo!

VEJA POR ONDE COMEÇAR SEUS ESTUDOS

Se você está preocupado com o que estudar para o Enem 2018 e não sabe por onde começar, esse artigo vai te dar uma orientação e ajudar a iniciar a sua preparação para o exame.

Saiba como funciona a prova, quais matérias e assuntos geralmente ganham mais destaque e, ao final, veja 4 dicas para fazer uma redação impecável. Confira tudo isso a seguir.

Como funciona a prova do Enem

Prova do Enem

Quanto mais cedo começar a estudar, melhor, afinal, deixar tudo para última hora pode causar estresse e atrapalhar o seu desempenho.

Para evitar essa situação, é preciso traçar um plano de estudos. Para te ajudar a fazer isso, separamos a lista dos assuntos/matérias de cada área de conhecimento que costumam ser  mais cobrados no Enem, com base nas edições anteriores.

Mas antes de passar para essa lista, é importante que você entenda como funciona o Enem. Primeiramente, você já sabe as datas referente ao lançamento do edital e das provas? Se não, confira aqui:

Datas do Edital Enem 2018

7 a 18 de maio: período para inscrição do Enem 2018. Preste bastante atenção nessas datas para não perder o prazo;

4 e 11 de novembro: dias de aplicação das provas.

Os valores das taxas, regras e mudanças no método de aplicação você pode conferir no edital do Enem.

Como é a prova?

As provas são separadas por áreas de conhecimento:

  • Ciências da Natureza: Biologia, Química e Física;
  • Ciências Humanas: História, Geografia, Filosofia e Sociologia;
  • Linguagens: Português, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação;
  • Matemática
  • Redação

Algo que deve ser levado em consideração, e que te ajudará a estudar, é entender que as questões são interdisciplinares e contextualizadas, ou seja, em uma mesma questão pode ser exigido conhecimento em duas áreas, como por exemplo, Biologia e Química.

O que estudar para o Enem?

O que estudar Enem

Saber o que estudar para o Enem faz toda a diferença, pois você não ficará navegando perdido em um mar de conteúdo. Vamos lá! Quais as principais matérias que preciso estudar? Devo estudar todo o conteúdo do Ensino Médio?

Fazer isso pode ser cansativo e frustrante, especialmente se você está estudando apenas para o Enem, pois nem todos os conteúdos do Ensino Médio caem na prova.

Por isso, separamos alguns assuntos e matérias que geralmente ganham mais destaque e são abordados com mais frequência.

Ao se inteirar sobre quais matérias têm mais destaque na prova, você poderá traçar seu plano de estudos conforme o seu grau de dificuldade e tempo disponível, identificando os pontos que precisam de mais atenção, e assim trabalhá-los de forma eficiente.

Veja a seguir a lista dos assuntos mais recorrentes em cada matéria.

1 – Ciências da Natureza

Física

Dê atenção para os seguintes assuntos:

  • Eletricidade;
  • Hidrostática;
  • Ondas;
  • Óptica;
  • Usinas / instalações residenciais;
  • Calorimetria;
  • Acústica;
  • Mecânica.

Química

  • Unidades de concentração;
  • Estequiometria;
  • pH e pOH;
  • Cadeias Carbônicas;
  • Radioatividade;
  • Soluções;
  • Oxidações;
  • Eletroquímica.

Biologia

  • Ecologia e Sustentabilidade, bem como problemas ambientais;
  • Evolução;
  • Imunização;
  • Genética e mutações;
  • Citologia;
  • Ciclos de carbono, nitrogênio e água.

2 – Matemática

Dê atenção para os seguintes assuntos:

  • Porcentagem;
  • Razões e proporções;
  • Leitura e interpretação de gráficos;
  • Medidas para dados simples;
  • Prismas;
  • Regra de três.

3 – Ciências Humanas

História do Brasil

  • Período Colonial;
  • República;
  • Período de escravidão;
  • Era Vargas;
  • Ditadura Militar;
  • Era populista.

História Geral

  • Período de Idade Média e Moderna;
  • Revolução industrial;
  • Primeira e Segunda Guerra Mundial;
  • Nazismo/Holocausto e Fascismo;
  • Liberalismo;
  • Guerra Fria.

Geografia

  • Agricultura Brasileira;
  • Impactos no meio ambiente;
  • Planos e blocos econômicos;
  • Geopolítica mundial;
  • Migrações;
  • Desenvolvimento humano e social.

Filosofia e Sociologia

  • Globalização e suas consequências;
  • Iluminismo;
  • Existencialismo;
  • Marxismo;
  • Contratualismo;
  • Relações de Trabalho;
  • Cultura de massa;
  • Movimentos sociais;
  • Fé e Razão: São Tomás e Santo Agostinho;
  • Pensadores da Grécia Antiga.

4 – Linguagens

Literatura

  • Movimentos literários: barroco, quinhentismo, modernismo, naturalismo e realismo;
  • Obras literárias: principalmente clássicos brasileiros;
  • Figuras de linguagem;
  • Poesias Concretas;
  • E por fim, Literatura Contemporânea.

Língua Portuguesa

  • Funções de linguagem e gramática;
  • Semântica;
  • Compreensão e interpretação de texto;
  • Norma culta e coloquial;
  • Morfologia;
  • Linguística;
  • Sintaxe;
  • Gêneros textuais.

Educação Física e Artes

  • Esportes;
  • Música;
  • Grafite;
  • Artes marciais;
  • Cubismo;
  • Obras artísticas;
  • Renascimento;
  • Movimentos artísticos e culturais.

Apesar desses assuntos serem os mais recorrentes em provas do Enem, não significa que apenas eles vão cair na prova. Por isso, não fique preso apenas a esses temas! Se tiver tempo, explore outros  também

REDAÇÃO: 4 DICAS PARA A REDAÇÃO NO ENEM

Saber o que estudar para o Enem também inclui se preparar do jeito certo para a redação.

É difícil acertar em cheio o assunto da redação, mas o que sabemos é que são baseados nas notícias da atualidade. Portanto, fique informado e aprofunde seu conhecimento.

Separamos 4 dicas valiosas que vão te auxiliar a escrever. Confira.

DICA 1- ESTEJA ATUALIZADO SOBRE AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS

Conforme dito acima, os temas escolhidos para a redação do Enem estão relacionados com notícias e problemas sociais atuais do país. A ideia é justamente fazer o aluno pensar como um cidadão e propor uma solução. Estude a fundo os acontecimentos recentes e importantes do país e do mundo.

DICA 2- NÃO FUJA DO FORMATO EXIGIDO

O texto exigido no Enem é dissertativo-argumentativo, o candidato deve ter conhecimento suficiente sobre o assunto, não só para apresentar dados e fatos, mas também expressar seu ponto de vista e se posicionar de maneira coerente.

Além de estar por dentro das atualidades, é extremamente importante estudar também as competências exigidas na redação e a estrutura de um texto dissertativo-argumentativo.

DICA 3- TREINE, TREINE, TREINE!

Agora que já sabe o que estudar para a redação do Enem, é hora de colocar o que aprendeu em prática.

Uma dica muito boa e eficaz é pegar os temas passados, escrever redações e pedir para um professor revisar. Dessa forma, poderá identificar os erros e ir corrigindo, até estar treinado para escrever esse tipo de texto.

DICA 4- EVITE A ANULAÇÃO

Muitas redações são anuladas por fugirem do tema, tome cuidado!

Treine sua leitura para entender os textos de apoio e conseguir interpretá-los de forma correta.

Leia bastante sobre temas variados, isso vai ajudar a desenvolver seu senso crítico.

E aí? Gostou das nossas dicas?

Agora que já sabe o que estudar para o Enem, não perca mais tempo e comece já a se preparar. Afinal, quanto mais cedo melhor!