Inscrição Prouni

INTRODUÇÃO

A data de início da inscrição do Prouni é esperada com ansiedade pelos estudantes que prestaram o Enem, já que o programa é uma oportunidade excelente para quem busca uma bolsa de estudos em uma das diversas universidades privadas do país.

No texto de hoje, separamos todas as informações que você precisa para fazer a inscrição do Prouni, desde os requisitos básicos até os documentos que são necessários para finalizar sua matrícula.

Inscrição Prouni: passo a passo

Primeiro, é preciso entender que para se inscrever no Prouni, é essencial ter feito o Enem do ano anterior. É através dele e do seu número de inscrição que você pode se cadastrar no site do Programa Universidade para Todos.

As inscrições ocorrem duas vezes por ano, no primeiro e no segundo semestre. Porém, é válido lembrar que nem todas as faculdades e universidades abrem matrículas no segundo semestre. Vale pesquisar se a sua preferida está na lista!

Vamos para um passo a passo simples das inscrições do Prouni.

1 – Acompanhar calendário no site do Prouni  e aguardar o início das inscrições para o segundo semestre, já que a do primeiro aconteceu no início do ano. As inscrições do segundo semestre estão previstas para acontecer entre os dias 6 e 9 de julho deste ano.

2 – Quando as inscrições forem abertas, o candidato deve entrar no site do programa, e clicar em fazer inscrição.

Inscrição Prouni

3 – Preencha os seus dados com cuidado, sempre verificando se eles estão corretos.

4 – Escolha a instituição e os cursos que você pretende se candidatar. Lembre-se que a segunda opção será desconsiderada se você for aprovado na primeira.

5 – Acompanhe a nota de corte do seu curso escolhido e mude se achar que tem mais chances em outra. Assim como no Sisu, você pode fazer isso até o encerramento das inscrições.

6 – Depois é só aguardar e verificar se houve ou não a pré-aprovação! Caso ela não ocorra, ainda é possível aguardar a lista de espera.

Quem pode se inscrever no Prouni 

São alguns requisitos básicos para que o estudante possa se candidatar ao Prouni:

  • Ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, ter tirado pelo menos 450 pontos e não ter zerado a redação.
  • Não ter renda familiar per capita maior do que 3 salários mínimos.
  • Não possuir ensino superior completo.
  • Ter estudado em escola pública no ensino médio ou em escola particular com bolsa de 100% pela própria escola.
  • Em caso de professores da rede pública que concorrem a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura, não há requisitos de renda.

Inscrição Prouni: documentos necessários

Se você foi aprovado, parabéns! É dada a largada rumo à faculdade dos seus sonhos. E, para isso, será necessário comprovar que todas as informações citadas acima são verdadeiras. Você vai precisar entregar alguns documentos na instituição onde foi aprovado. Não se preocupe, pois existem prazos e a secretaria da instituição vai informar você o que é necessário e qual o prazo.

Mas para já ir se adiantando, vamos citar os documentos que costumam ser mais solicitados.

Documentos pessoais e da sua família

  • Carteira de Identidade (RG)
  • Carteira Nacional de Habilitação (no caso da falta do RG)
  • Carteira Funcional emitida por repartições públicas ou por órgãos de classe dos profissionais liberais, com fé pública reconhecida por Decreto
  • Identidade Militar
  • Registro Nacional de Estrangeiros (RNE)
  • Passaporte emitido no Brasil
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social

Comprovante de renda

Esses documentos podem ser os mais complicados, já que muitas famílias são autônomas e não possuem um comprovante de renda formal, como é o caso dos holerites. Se você tiver essa comprovação emitida pela empresa onde seus familiares trabalham, só ela basta para essa finalidade.

Já os autônomos ou profissionais liberais podem precisar do extrato bancário dos últimos 90 dias. Converse com o coordenador da faculdade e veja qual a melhor saída para o seu caso.

Comprovante de residência

Os comprovantes de residência podem ser muitos, como as contas de água, luz ou demais no nome de algum membro da família. Em caso de aluguel, é importante ter o contrato em mãos também em nome do responsável.

Além disso, podem ser aceitos faturas do cartão de crédito como forma de comprovação ou mesmo cartas emitidas pelo governo.

Documentos que comprovem sua escolaridade

Outro documento importante é o de escolaridade, que comprove que você estudou em escola pública. Esse comprovante pode ser adquirido na instituição em que o estudante se formou.

Os bolsistas integrais também devem pedir uma declaração da escola registrada em cartório para comprovar o benefício.

Documentos para professores e pessoas com necessidades especiais

Para professores, é preciso entregar ao coordenador o comprovante de efetivo exercício do magistério na educação básica pública integrando o quadro de pessoal permanente da instituição.

Já os portadores de necessidades especiais devem apresentar o laudo médico.

Prouni e Sisu – principais diferenças

Inscrição Prouni

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a diferença entre o Prouni e  Sisu. O Prouni é um processo seletivo que oferece bolsas de estudo em faculdades particulares. Já o Sisu é o processo que oferece vaga em uma universidade pública. Ambos são processos diferentes e as inscrições são separadas.

Quem faz inscrição no Sisu pode fazer no Prouni?

Sim. Não há restrição em relação à inscrição nos dois processos, porém, quem estiver cursando universidade federal e devidamente matriculado, não tem direito à bolsa do Prouni. Durante o processo seletivo, o aluno pode se inscrever nos dois sem problemas, aumentando suas chances de cursar o ensino superior.

Ao ser aprovado nos dois programas, o estudante precisa escolher apenas uma das opções para seguir estudando.

Gostou das nossas dicas? Para saber mais, cadastre-se gratuitamente no Stoodi.