No passado o mundo se desenvolveu baseado inteiramente em um modelo não sustentável, caracterizado essencialmente pelo uso excessivo de combustíveis fósseis. Nesse contexto, é interessante o vestibulando já associar essa forma irresponsável de progresso com a poluição causada por ela, o que reflete assim automaticamente no aumento do desequilíbrio ambiental.

Antes de conceituar o desequilíbrio ambiental, bem como analisar os seus tipos, cabe destacar a importância desse assunto para os estudantes que farão vestibular. Isso porque além de ser um tema muito recorrente tanto no Enem quanto em outros vestibulares tradicionais, é um assunto multidisciplinar, ou seja, pode envolver questões que abordam conhecimentos de geografia, biologia, química, entre outras disciplinas.

Entenda o que é desequilíbrio ambiental, quais são as suas causas, consequências para a natureza e como ele pode ser cobrado em uma prova de vestibular.

O que é desequilíbrio ambiental?

Desequilíbrio ambiental é toda alteração (seja ela intencional ou não) provocada na natureza e que reflete de forma negativa para os sistemas ecológicos. Em outras palavras, é o resultado desastroso da ação humana na natureza, propiciando mudanças de ordem física, química e biológica no equilíbrio ecológico.

Causas do desequilíbrio ambiental

Sem dúvida a principal causa do desequilíbrio ambiental está relacionada com as atividades humanas irresponsáveis. Dentre elas, destacam-se:

  • lavar tanques de navio petroleiro em alto mar, poluindo o ecossistema marinho local;
  • despejar na atmosfera grandes quantidades de gases do efeito estufa, resultantes principalmente da queima de combustíveis fósseis;
  • poluir rios que cortam regiões mineradoras, com o despejo de metais pesados e lama tóxica;
  • desmatar florestas e regiões de preservação ambiental, as quais são responsáveis pelo equilíbrio térmico e purificação do ar local;
  • vazar petróleo em plataformas em alto mar;
  • extrair madeira de forma ilegal;
  • queimar material orgânico em grande quantidade, o que aumenta a concentração de CO2 na atmosfera;
  • jogar lixo em locais inapropriados, poluindo não só a vegetação, mas contaminando também o lençol freático.

Consequências do desequilíbrio ambiental

poluição desequilíbrio ambiental

Todas as consequências do desequilíbrio ambiental refletem de forma extremamente negativa tanto para o meio ambiente, quanto para os humanos.

Aumento da temperatura global

Uma vez que há maior concentração de gases estufa na atmosfera, haverá consequentemente a intensificação do efeito estufa, acarretando assim no aumento da temperatura da Terra.

Morte da vida marinha

O vazamento de petróleo no mar é uma prática excessivamente agressiva para o ecossistema local, ou seja, na sua ocorrência, a vida marinha na região é totalmente comprometida.

Redução das áreas verdes

O desmatamento de florestas reduz drasticamente as áreas verdes no mundo. Um bom exemplo didático para o estudante é o atual desmatamento da floresta Amazônica, o qual foi responsável por dizimar cerca de 180 km² de floresta só no primeiro mês do ano de 2019.

Diminuição da qualidade do ar

A queima excessiva de combustíveis fósseis (seja em automóveis, seja em processos industriais) polui o ar com gases nocivos à saúde, o que consequentemente reduz a qualidade do ar respirado nos grandes centros urbanos.

Exemplos de desequilíbrio ambiental

Como mencionado, o desequilíbrio ambiental afeta drasticamente alguns dos processos naturais do ecossistema. Muitos desses processos são necessários para a sobrevivência humana e animal na Terra, entretanto, quando alterados, representam perigo.

Intensificação do efeito estufa

A intensificação do efeito estufa é um dos exemplos mais notados do desequilíbrio ambiental. Isso porque a sua alteração causa aumento da temperatura do planeta, algo que é percebido e sentido de maneira mais fácil pela população.

Aumento da chuva ácida

Uma vez que há o aumento da poluição do ar, haverá também o aumento da ocorrência de chuvas ácidas, já que elas são influenciadas pela taxa de concentração de óxidos ácidos na atmosfera.

Alteração do pH dos rios

O ecossistema de um rio é muito prejudicado quando há alteração do seu pH (principalmente com a morte de peixes). Como uma das causas do desequilíbrio ambiental é o despejo de metais pesados em rios, é simples de notar que isso acarretará em alteração do pH das águas.

Alteração da temperatura das águas do mar

Há estudos científicos comprovando que a temperatura da água do mar está subindo anualmente devido à intensificação da poluição humana. Esse fato é explicado uma vez que os oceanos passam a absorver mais quantidade de calor gerado na Terra, fruto da queima de combustíveis fósseis e queimada de florestas.

Como esse assunto pode ser cobrado no vestibular?

Como já mencionado, o tema desequilíbrio ambiental é interdisciplinar, isto é, poderá ser explorado em uma prova de vestibular por meio de variados conceitos biológicos, geográficos e químicos. Dessa forma, confira abaixo algumas questões que abordam esse tema.

1)  O efeito estufa consiste no aquecimento anormal do planeta nas últimas décadas, devido a uma maior retenção atmosférica do calor solar absorvido na sua superfície terrestre. Atividades típicas da Era Industrial são consideradas as causas mais prováveis. No efeito estufa, o calor encontra maior dificuldade para se irradiar para fora do planeta devido:

a) À redução da concentração do N2 atmosférico, fixado industrialmente na produção de fertilizantes químicos.

b) À redução da camada de ozônio, resultante principalmente da emissão dos gases CFCs (clorofluorcarbonos) na atmosfera.

c) Ao aumento da concentração de SO2 atmosférico e da chuva ácida, provocados pela emissão de gases nos escapamentos dos automóveis e chaminés de indústrias.

d) Ao aumento da concentração de CO2 atmosférico, como resultante da combustão do petróleo e do carvão mineral e dos desmatamentos seguidos de queima da matéria orgânica.

Resolução

Alternativa correta letra “D”, pois, os gases do efeito estufa (gerados principalmente pela queima de combustíveis fósseis) ficam aprisionados na Terra devido ao aumento da concentração de CO2, o que impede a irradiação do calor para fora da atmosfera.

2) O derramamento de petróleo no mar é um problema ambiental grave que merece atenção. Um dos piores vazamentos de petróleo que já ocorreram no planeta foi no Golfo do México, em 2010, em que cerca de cinco milhões de barris de petróleo foram lançados nas águas. Baseando-se nos seus conhecimentos sobre o tema, marque a única alternativa que não indica uma consequência da poluição no mar por petróleo.

a) Morte de várias espécies de peixes.

b) Diminuição da pesca na região.

c) Contaminação de ecossistemas de transição entre o ambiente marinho e terrestre, como mangues.

d) Aumento da taxa de fotossíntese das algas.

e) Morte de aves marinhas.

Resolução

Alternativa correta letra “D”. A taxa de fotossíntese das algas não é favorecida com o derramamento do petróleo, pelo contrário, ela é extremamente prejudicada, visto que a densa camada de petróleo sobre as algas dificulta a passagem dos raios solares.

3) Para reduzir o impacto negativo das fontes de poluição sobre o ambiente aquático, devemos:

I. evitar a liberação de esgotos sem tratamento nos cursos d’água.

II. incentivar a construção de aterros sanitários para a deposição de lixo.

III. exigir apenas a liberação de lixo biodegradável nos mananciais de água.

IV. estimular as indústrias a instalarem equipamentos que diminuam o grau de toxicidade de seus efluentes líquidos.

Pela análise das afirmativas, conclui-se que estão corretas

a) somente I, II e III

b) somente I, II e IV

c) somente I, III e IV

d) somente II, III e IV

e) I, II, III e IV

Resolução

Alternativa correta letra “B”. O lixo, mesmo sendo biodegradável, jamais deverá ser lançado em mananciais.

Sendo assim, após analisar o que é desequilíbrio ambiental, seus exemplos e consequências, é fácil o estudante perceber o quão relevante esse tema é para a natureza. Nesse contexto, vale ressaltar também a necessidade que os vestibulandos têm de dominar esse assunto, uma vez que ele sempre aparece no Enem e nos outros vestibulares tradicionais.

Quer aprender mais e ficar por dentro de tudo sobre os vestibulares e o Enem? Experimente nosso plano de estudos. Com ele você tem acesso a videoaulas e ainda pode testar seus conhecimentos a partir de vários exercícios que a plataforma disponibiliza.

2 Shares:
Você pode gostar também