Modelo Atômico de Thomson: entenda!

Foto: Wikipédia

O aprendizado de Química é um processo que pode ser comparado à construção de uma casa. Por isso, precisamos de uma base realmente forte para construir o restante de nosso conhecimento. Confira, então, um breve resumo sobre o modelo atômico de Thomson!

O que é o modelo atômico de Thomson?

O estudo dos modelos atômicos é uma parte crucial para o aprendizado da Química. O modelo de Thomson veio em seguida às ideias propostas por Dalton e revolucionou para sempre os conhecimentos científicos sobre esse assunto.

Utilizando os experimentos dos tubos de Crookes, Thomson postulou que o átomo apresenta natureza elétrica, sendo uma massa positiva com elétrons negativos incrustados. A esse modelo foi dado o nome de pudim de passas e uma boa analogia para compreendê-lo é compará-lo a um panetone.

História

O tubo de Crookes, mencionado acima, nada mais é do que um experimento que mistura conceitos de eletricidade, radioatividade e muito mais. Seu idealizador, William Crookes, fez o primeiro teste ao submeter um gás a uma alta tensão elétrica, promovendo a colisão de moléculas no interior do tubo.

Foi com essa base que Thomson conseguiu descobrir um pouco mais sobre o elétron e, assim, determinar seu modelo atômico, que seria fundamental para os estudos de outros cientistas no futuro, como Bohr e Rutherford.

Características do modelo atômico de Thomson

As principais características desse modelo são:

  • o átomo não é maciço como uma bola de bilhar, como propunha Dalton;
  • o átomo é divisível;
  • no átomo, há partículas negativas e positivas, fazendo dele uma estrutura neutra;
  • as partículas negativas estão espalhadas por todo o átomo.

Problemas apontados no modelo atômico de Thomson

Apesar de revolucionário, esse modelo apresentava algumas ideias problemáticas, especialmente se considerarmos os conhecimentos que temos atualmente. Entre elas, podemos mencionar:

  • a falta de eficácia para explicar fenômenos relacionados ao átomo;
  • a inexistência de um sistema completamente estável no átomo;
  • o fato de que os elétrons não estão incrustados no átomo, e sim se deslocando livremente pela eletrosfera.

E aí, depois de saber mais sobre o modelo atômico de Thomson, você está pronto para mandar bem no Enem e nos demais vestibulares que você for prestar? Para isso, confira exercícios sobre o tema e se prepare para valer!

Tenha acesso GRATUITO a mais de 6 mil videoaulas, 30 mil exercícios, resumos teóricos e materiais complementares pra download!
Você pode gostar também