Muito presente nos grandes centros urbanos, as facções criminosas atualmente representam um grave problema social e político em todo o mundo. Assim sendo, como é um assunto atual e que atinge vários países (inclusive os que são classificados como desenvolvidos) é importante entender mais sobre esse tema, afinal, ele poderá ser cobrado no Enem e vestibulares.

Muito mais do que uma simples questão de violência urbana, o estudo das facções criminosas engloba uma análise social mais profunda e complexa. Desse modo, neste post explicaremos para você o que são facções criminosas, como elas surgiram e quais as áreas onde elas se concentram. Boa leitura!

O conceito de facções criminosas

Uma facção criminosa é classificada como um grupo de pessoas que articulam de forma organizada e planejada ações criminosas como homicídios, assaltos, vandalismo urbano e rebeliões em presídios. Em outras palavras, é a prática de um crime a mando de um grupo que tem o seu próprio nome, líderes e níveis hierárquicos muito bem definidos.

É importante diferenciar o conceito de formação de quadrilha de uma facção, já que as facções atuam simultaneamente em várias cidades, contam com um grande número de criminosos e praticam diversos crimes de maneira estruturada.

Já a formação de quadrilha corresponde a um pequeno grupo de pessoas que decidiram praticar um delito específico.

Facções criminosas do Rio de Janeiro

Um dos estados que mais sofrem com a violência urbana no Brasil é o Rio de Janeiro. A atuação das facções criminosas no estado se concentram nas comunidades mais carentes e, entre todas elas, podemos destacar duas: o Comando Vermelho — CV e a Amigos dos Amigos — ADA.

Comando Vermelho

Criado em 1979 dentro da cadeia Cândido Mendes, em Ilha Grande – Rio de Janeiro, o Comando Vermelho foi idealizado por militantes dos grupos armados que eram contrários ao regime militar na época. Dessa forma, após serem presos, esses militantes passaram a se organizar criminalmente dentro dos presídios, incluindo assim, a participação de outros detentos comuns.

Como forma de financiamento, essa facção se beneficiou muito do tráfico de drogas na década de 80, já que nesse período o Brasil havia entrado de vez na rota da cocaína que era destinada à Europa.

Atualmente o Comando Vermelho é uma das principais organizações criminosas do país, sendo responsável por diversos homicídios, comercialização de armas e outros tipos de violência urbana.

Amigos dos Amigos

Já a facção Amigos dos Amigos surge nos anos 90, também em um presídio, no Complexo Penitenciário de Bangu. Essa facção nasceu após brigas internas entre as lideranças do Comando Vermelho, ou seja, hoje a sua atuação criminosa é apenas uma derivação do que antes já era praticado.

Diferentemente do Comando Vermelho e do PCC (os quais estão em grande parte do país), o ADA concentra a sua atuação nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Porém, é um consenso (tanto no mundo do crime, quanto por parte das autoridades) que a cada dia que passa esta facção perde sua expressividade e força, até porque, o seu maior rival (Comando Vermelho) historicamente é mais estruturado e conta com muito mais criminosos.

cadeia facções criminosas

Facções criminosas de São Paulo

Em São Paulo encontra-se o maior e mais conhecido grupo criminoso do país, o Primeiro Comando da Capital – PCC.

PCC

Oficialmente essa facção surgiu no ano de 1993 na Casa de Custódia de Taubaté, em São Paulo, contudo, há estudiosos que afirmam seguramente que a criação do PCC foi motivada logo após o massacre do Carandiru, em 1992.

Seja qual for a versão verdadeira, é fato que hoje as autoridades brasileiras classificam o Primeiro Comando da Capital como a facção mais perigosa do país, a qual atua em 23 estados, tanto dentro dos presídios, quanto nas ruas das cidades.

Vários episódios de violência urbana em cadeias, queima de ônibus e carros, crimes contra unidades policiais e outras organizações públicas etc. são a mando do PCC, principalmente na capital São Paulo. Com isso, para tratar da questão da violência nas regiões metropolitanas, o estado precisa monitorar cuidadosamente os passos dessa facção.

Facções criminosas no mundo

Essa modalidade criminosa está presente em todo o mundo, seja qual for o nível de desenvolvimento do país.

Desse modo, confira abaixo algumas facções criminosas pelo mundo:

  • Cartel de Medellín – Colômbia;
  • Ndrangheta – Itália;
  • Camorra – Itália;
  • Yakuza – Japão;
  • Los Zetas – México;
  • A Bratva – Rússia;
  • Cartel de Sinaloa – México.

Mesmo atuando em países completamente diferentes, as facções criminosas no mundo sempre se associam com o tráfico de drogas e de armas, já que são atividades ilícitas as quais geram um enorme lucro para os mafiosos.

A relação entre as facções criminosas e os presídios

Ao menos no Brasil as facções criminosas têm uma relação forte com os presídios e outros modelos de casas de detenção. Isso porque, além de quase todas nascerem nesses locais, é comum os principais líderes dessas organizações do crime continuarem a gerenciar as atividades da facção mesmo estando presos.

Seguindo essa linha de raciocínio, sem dúvida, os presídios seguros e bem infraestruturados (onde de fato ocorre a ressocialização dos detentos) podem beneficiar as questões sociais locais, já que desse modo o governo inibe a atuação desses grupos e consegue reduzir os números da violência urbana.

Você deve estar se perguntando: como esse assunto pode ser cobrado nos vestibulares? A resposta é simples, as provas podem explorar, por exemplo, questões que abordam as relações existentes entre um presídio instável (o qual tem influência de facções criminosas e que é alvo de constantes rebeliões) com o crescimento da violência urbana local.

Sendo assim, com a leitura do post fica mais fácil de compreender quais são as influências das facções criminosas do Brasil na violência urbana, as quais são basicamente o aumento do tráfico de drogas, facilitação do acesso às armas de fogo e a instabilidade nos presídios. Portanto, é importante ficar atento com os episódios recentes acerca desse tema, já que o Enem é uma prova que tradicionalmente aborda questões atuais.

Você quer mandar muito bem nos vestibulares e no Enem? Então, conheça o nosso plano de estudos. Com ele você tem acesso a videoaulas e ainda pode testar seus conhecimentos a partir de vários exercícios que a plataforma disponibiliza.

Giovanna Pessoa

Estudante de Administração de Empresas, a Gi faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi e adora escrever! Ela ama estar em contato com a natureza, ler sobre psicologia, mas acima de tudo, é apaixonada por um cãozinho. Conheça mais sobre os textos da Gi, essa grande escritora que procura crescer cada vez mais em marketing!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!