Pertencente ao Reino Protista (igualmente às algas), os protozoários são seres que interferem diretamente em nossas vidas, principalmente quando se trata da transmissão de doenças.

Seja pelo estudo de sua forma de reprodução, seja pela classificação desses seres, esse ponto da Biologia constantemente é cobrado no Enem e nos vestibulares tradicionais, ou seja, é fundamental o estudante ficar por dentro desse tema.

Por esse motivo, preparamos um conteúdo explicando o que são protozoários, como é sua reprodução, quais as principais características e como que esse tema pode ser abordado em uma prova de vestibular. Acompanhe!

O que são protozoários?

Para entender o que é um protozoário, é preciso antes classificar outros termos relacionados ao assunto. Acompanhe!

Eucariontes

Ao contrário dos procariontes, os seres eucariontes são todos aqueles cuja estrutura celular é composta por um núcleo (juntamente com várias organelas) cercado por uma membrana plasmática.

Unicelulares

Como o próprio nome sugere, organismos unicelulares são seres que têm apenas uma célula, sendo opostos assim aos seres pluricelulares.

Heterótrofos

Já o termo heterótrofo classifica os seres que não são capazes de produzir o próprio alimento, ou seja, para sua sobrevivência, é necessário obrigatoriamente recorrer a uma fonte energética externa.

Protozoários: definição

Com base nisso, podemos agora conceituar com mais clareza os protozoários: são seres eucariontes, unicelulares, heterótrofos e que vivem majoritariamente em ambientes aquáticos ou dentro do corpo de outros seres vivos.

Características dos protozoários

Uma das principais características dos protozoários é que sua respiração, reprodução e excreção são de responsabilidades de apenas uma célula (já que ele é unicelular).

Tratando especificamente da reprodução e alimentação, os protozoários têm algumas peculiaridades, as quais merecem ser destacadas.

Reprodução

A reprodução desse ser vivo é mais comum na modalidade assexuada, sendo ela a partir da divisão binária (células secundárias sendo originadas por meio da divisão de uma célula primária) ou pela divisão múltipla (criação de várias células secundárias após vários processos de mitose).

Já na reprodução sexuada (feita pelos paramécios), há troca de material genético entre dois seres distintos (mais conhecido como conjunção), proporcionando assim a criação de novos protozoários.

Alimentação

Em relação à alimentação de um protozoário, esse ser utiliza como fonte de energia:

  • algas;
  • diatomáceas;
  • bactérias;
  • outros protozoários;
  • vermes.

Vale lembrar ainda que há protozoários parasitas, ou seja, que vivem dentro de outro ser vivo (humanos por exemplo) e que se alimentam a partir de nutrientes contidos no sangue.

Classificação dos protozoários

Os protozoários são classificados quanto ao seu modo de locomoção, sendo eles: ciliados; flagelados; sarcodíneos e esporozoários.

Protozoários ciliados

Pertencendo ao filo Ciliophora, esse tipo de protozoário utiliza curtos filamentos (cílios) para a locomoção, sendo a maioria seres de vida livre.

Protozoários flagelados

protozoários flagelados

Como o próprio nome sugere, essa á a classe dos protozoários que recorrem a um flagelo (comumente no formato de um chicote) para a sua locomoção. Também chamados de mastigóforos, vale destacar que os flagelos também são importantes para a alimentação do protozoário, já que é por meio deles que são capturados os nutrientes.

Protozoários sarcodíneos

Também conhecidos como protozoários rizópodos, os sarcodíneos utilizam a região do prolongamento do citoplasma para a locomoção (pseudópodes ou os falsos pés).

Protozoários esporozoários

É a única classe de protozoários que não tem membros e estrutura para a locomoção, ou seja, são parasitas de animais invertebrados, vertebrados e de seres humanos.

Doenças com protozoários

São várias as doenças causadas por protozoários, entre elas, podemos destacar:

  • doença de Chagas, causada pelo barbeiro contaminado pelo parasita Trypanossoma cruzi;
  • malária, doença transmitida por mosquitos contaminados por protozoários do gênero Plasmodium;
  • amebíase, causada pelo protozoário Entamoeba histolytica;
  • giardíase, causada pela ingestão de alimentos e água com o protozoário Giardia lamblia.

Exemplos de protozoários

Além dos exemplos de protozoários já citados acima, destacam-se:

  • Trypanosoma brucei;
  • Trichomonas vaginalis;
  • Vorticella;
  • Entamoeba coli;
  • Entamoeba gengivalis.

Protozoários: exercícios

Confira agora como uma prova de vestibular poderá cobrar do estudante essa matéria.

1. (UEG 2014)Alguns protozoários atuam como parasitas do ser humano e outros seres vivos como, por exemplo, o Trichomonas vaginalis. Esse parasita é capaz de promover danos na mucosa tubária, com destruição das tubas uterinas e impedimento da passagem dos gametas.

Sobre a doença causada pelo T. vaginalis, verifica-se que:

a) o protozoário infecta a cavidade bucal e o intestino.

b) a infecção de repetição predispõe à infertilidade feminina.

c) a parasitose não causa sintomas adversos nos homens.

d) a transmissão inclui vias de contaminação não sexuais.

Resolução

Alternativa correta letra “b”. A tricomoníase afeta mais as mulheres que os homens, sendo a forma de contaminação mais comum relações sexuais desprotegidas.

2. (Enem 2016) “A sombra do cedro vem se encostar no cocho. Primo Ribeiro levantou os ombros; começa a tremer. Com muito atraso. Mas ele tem no baço duas colmeias de bichinhos maldosos, que não se misturam, soltando enxames no sangue em dias alternados. E assim nunca precisa de passar um dia sem tremer.”

O texto de João Guimarães Rosa descreve as manifestações das crises paroxísticas da malária em seu personagem. Essas se caracterizam por febre alta, calafrios, sudorese intensa e tremores, com intervalos de 48 h ou 72 h, dependendo da espécie de Plasmodium.

Essas crises periódicas ocorrem em razão da:

a) lise das hemácias, liberando merozoítos e substâncias denominadas hemozoínas.

b) invasão das hemácias por merozoítos com maturação até a forma esquizonte.

c) reprodução assexuada dos esporozoítos no fígado do indivíduo infectado.

d) liberação de merozoítos dos hepatócitos para a corrente sanguínea.

e) formação de gametócitos dentro das hemácias.

Resolução

Alternativa correta letra “a”. A febre característica da malária ocorre após a ruptura (lise) das hemácias, liberando assim toxinas (hemozoínas) e formas do plasmódio (merozoítos).

Portanto, agora que você já sabe o que são protozoários, bem como suas classificações e tipos de doenças, é hora de fazer mais exercícios para que a matéria fixe bem na cabeça.

Vale ressaltar que, por se tratar de um assunto com vários nomes científicos, é fundamental que o aluno tenha muita atenção durante a leitura dos enunciados das questões, para não confundir protozoários que tenham nomes parecidos.

O conteúdo sobre protozoários foi interessante para você? Então conheça nosso plano de estudos e tenha acesso aos outros materiais didáticos que auxiliam para o vestibular. Com ele você pode fazer exercícios, assistir a videoaulas e refazer as provas do Enem dos anos anteriores.

Giovanna Pessoa

Estudante de Administração de Empresas, a Gi faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi e adora escrever! Ela ama estar em contato com a natureza, ler sobre psicologia, mas acima de tudo, é apaixonada por um cãozinho. Conheça mais sobre os textos da Gi, essa grande escritora que procura crescer cada vez mais em marketing!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!