O senso comum chama de cientista o profissional que trabalha em laboratórios, misturando substâncias e desenvolvendo experimentos para que sejam feitas descobertas e novos produtos sejam comercializados. Trata-se, no entanto, de um profissional formado em Engenharia Química.

Essa é uma área muito interessante e que sempre necessita de bons profissionais, principalmente no atual momento, em que as questões ambientais estão em alta. Assim, cada vez mais as indústrias desejam produzir de forma sustentável, sem causar danos ao meio ambiente.

Se você gosta de estudar Química e sempre sonhou em ser engenheiro, este post é pra você! Apresentaremos um guia completo sobre o curso de Engenharia Química e as opções de carreira para esse profissional. Acompanhe!

O que é Engenharia Química?

A Engenharia Química é uma área que lida com as transformações físico-químicas da natureza, bem como com os processos industriais que as utilizam. De tal modo, as matérias-primas são transformadas em novas substâncias, que podem ser colocadas à venda no mercado ou auxiliar diversos processos industriais.

Ao estudar Engenharia Química, portanto, é preciso desenvolver conhecimentos em áreas exatas, como Química, Matemática, Biologia e Física. Por isso, para fazer esse curso, é preciso ter afinidade com essas disciplinas.

Engenharia Química: o que faz

O bacharel em Engenharia Química pode atuar em diferentes áreas. As principais delas são as explicadas a seguir. Veja!

Pesquisa e desenvolvimento

O engenheiro químico que trabalha na área de pesquisa é o responsável por desenvolver testes para criar novos produtos e processos. Ele geralmente atua em laboratórios terceirizados ou na própria empresa.

É importante que o profissional dessa área também tenha conhecimento em tecnologia, uma vez que precisa encontrar os melhores equipamentos para desenvolver as atividades de forma otimizada.

Meio ambiente

A área do meio ambiente tem sido muito valorizada ultimamente, conforme destacamos. Nesse caso, o profissional atua nas indústrias definindo formas de trabalho que não prejudiquem os recursos naturais. Além disso, o profissional pode fazer auditorias nesse sentido.

Essa área tem destaque atualmente, uma vez que muitas políticas de preservação ambiental estão sendo implementadas nas organizações. A forma como os produtos são utilizados e os dejetos descartados, por exemplo, faz parte das observações que devem ser feitas pelo engenheiro químico especialista em meio ambiente.

Processos industriais

O engenheiro químico também pode atuar diretamente com os processos industriais, supervisionando linhas de produção e comandando as etapas de criação e fabricação de um produto.

Nesse sentido, deve sempre estar atento para formas de aumentar a produtividade e a segurança da sua equipe. Além disso, precisa verificar meios para diminuir os custos e gerar mais lucros para a empresa, porém, sem que isso cause danos aos colaboradores ou ao meio ambiente.

As indústrias em que um engenheiro químico pode trabalhar são a de polímeros, tintas, cosméticos, alimentos e medicamentos, entre tantas outras.

Projetos de fábricas

A formação em Engenharia Química possibilita ao profissional se tornar projetista de fábricas e, nesse caso, deve levar em consideração questões como os processos de produção, os equipamentos utilizados e suas instalações, a segurança e a logística.

homem microscópio engenharia química

Engenharia Química: salário

O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA) determina que o salário dos engenheiros não pode ser menos do que 8,5 salários mínimos por 8 horas diárias trabalhadas.

Com o atual valor do salário mínimo, o engenheiro recebe em torno de R$ 8 mil. No entanto, é preciso levar em consideração que nem sempre um profissional formado na área já é logo contratado como engenheiro.

Geralmente é preciso ocupar outras cargos mais baixos, em nível auxiliar, e com salários menores, para, com o passar do tempo, assumir realmente a função de engenheiro químico.

É por isso que convém sempre estudar muito e seguir se aperfeiçoando como profissional, para garantir as melhores vagas no mercado.

Curso de Engenharia Química

Quando falamos no curso de Engenharia Química, é importante destacar que ele não é a mesma coisa que o de Química. No caso da licenciatura em Química, o estudante tem um aprendizado voltado para a área acadêmica.

Isso quer dizer que uma pessoa com formação em Química tem o preparo para dar aulas dessa disciplina em escolas públicas e particulares. Já o Engenheiro Químico recebe uma formação profissional, voltada para o trabalho em indústrias e em outros locais.

A duração média do curso é de 5 anos. Na maioria das universidades, há um tronco comum para as engenharias. Isso quer dizer que você estudará primeiramente com colegas de outras áreas, como Engenharia de Materiais ou Engenharia Genética.

Somente depois de adquirir os conhecimentos básicos para todas as áreas da Engenharia é que o foco se volta com exclusividade para a Química.

Engenharia Química: faculdades

São diversas as universidades que oferecem o curso de Engenharia Química no Brasil. Entre as principais delas, podemos destacar as seguintes:

  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCar);
  • Universidade de São Paulo (USP);
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Nota de corte de Engenharia Química

A nota de corte da Engenharia Química varia de acordo com o programa em que ela é utilizada. No caso do Fies, ela costuma girar entre 460 e 741.

Para o Prouni, a nota de corte geralmente varia entre 615 e 722. Já para o Sisu, a média é entre 676 e 819.

Agora você já sabe mais sobre o curso de Engenharia Química e como ele pode resultar em uma carreira profissional promissora, caso você tenha foco e estude muito para se destacar.

Esperamos que você tenha gostado do nosso post e continue sempre atento aos conteúdos do Stoodi. Para saber mais sobre o assunto, recomendamos a leitura do artigo Engenharia: uma profissão para quem gosta de números, que traz mais informações relevantes sobre a área.

0 Shares:
Você pode gostar também
Leia mais

Direito: gosto pela leitura é necessário

Hoje é dia daqueles que zelam pela harmonia da sociedade e garantem que as empresas, o poder público e os cidadãos respeitem as leis do país. Hoje é dia dos advogados. O estudante que estiver pensando em cursar direito deve ter em mente que esta ciência cuida da aplicação das normas...
Leia mais

Engenharia: uma profissão para quem gosta de números

Descubra qual tipo de engenharia é o ideal para você Para quem gosta de cálculos, seguir a carreira de engenheiro é uma boa opção. Esse profissional é responsável por produzir projetos, estudar problemas, planejar soluções, verificar a viabilidade econômica e técnica para o seu desenvolvimento. O estudante que estiver pensando...