Origem da vida: o que é, teorias e mais!

Campanha Pesquisa de Carreiras

Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos? Esses questionamentos existem desde o surgimento da humanidade e continuam ocupando um espaço importante na vida de muitas pessoas, principalmente o que diz respeito à origem da vida.

Das teorias científicas às crenças religiosas, esse assunto é o centro de muitas discussões e, como não poderia deixar de ser, tem grandes chances de ser tema de questões de Biologia no Enem, por exemplo.

Quer saber mais sobre a origem da vida? Então continue lendo este artigo!

O que é a origem da vida?

A origem da vida é uma das questões mais complexas e cercadas de dúvidas que temos enquanto humanos. Desde a Antiguidade, filósofos discutem o tema e, é claro, cada religião tem sua própria ideia sobre o surgimento dos seres vivos.

Nesse sentido, é possível encontrar hipóteses sobre a origem da vida no campo puramente religioso, definidas principalmente como uma “criação especial”. Até os dias de hoje, essa ideia é aceita por muitos fiéis, apesar de ser cientificamente impossível comprová-la.

Além do campo religioso, outras ideias permeiam o mistério da origem da vida na Terra, como a de que a vida aqui tenha surgido por meio de intervenção extraterrestre. Assim como a explicação religiosa, essa ideia não encontra respaldo científico.

Teorias da origem da vida

Deixando de lado as hipóteses não científicas para a origem da vida, é hora de você entender todas as teorias que tentam explicar o surgimento dos seres vivos na Terra.

Geração espontânea (ou abiogênese)

A teoria da geração espontânea, também conhecida como abiogênese, é uma das ideias mais antigas a abordar o assunto da origem da vida. Concebida por Aristóteles há mais de dois milênios, a abiogênese admite a possibilidade do surgimento espontâneo da vida a partir de matéria bruta.

Segundo o pensador, a matéria possuía um “princípio ativo” capaz de dar gerar pequenos seres vivos, como era possível observar nas larvas que apareciam na carne podre ou nos girinos em poças d’água.

Como sabemos hoje em dia, esses fenômenos observados por Aristóteles e seus alunos são facilmente explicados pela atuação de microrganismos, impossíveis de serem vistos a olho nu.

Teoria da biogênese

Por sua vez, a teoria da biogênese vai de encontro à anterior, provando que seres vivos só se originam a partir de outros seres vivos. Nesse sentido, cientistas como Redi, Spallanzani, Pasteur e Needham realizaram vários experimentos que descartaram a abiogênese, comprovando a ideia de que só é possível criar vida por meio de outro ser vivo.

caramujo origem da vida

Evolução química

Embora tenha sido importante para descartar a abiogênese, a biogênese não conseguiu explicar a origem da vida. Assim, diversas outras teorias surgiram ao longo do tempo, sendo a evolução química a mais aceita pelos cientistas hoje em dia.

A teoria da evolução química diz que o primeiro ser vivo surgiu por meio do arranjo químico de moléculas simples, aliado a condições ambientais favoráveis. A partir disso, essas moléculas foram se organizando até dar origem a estruturas metabólicas com a capacidade de autoduplicação.

A hipótese autotrófica

A partir das ideias da evolução química, os cientistas chegaram à ideia de que o primeiro ser vivo da história da Terra era autotrófico, ou seja, produzia seu próprio alimento. Dois pontos fundamentam essa ideia, sendo que o primeiro diz que, sem vida suficiente, era impossível sustentar a multiplicação dos primeiros seres.

Já o segundo motivo que sustenta a hipótese autotrófica defende que a manutenção da vida desses seres só era possível em ambientes favoráveis, principalmente devido à instabilidade da atmosfera e do próprio planeta.

Dessa forma, a teoria diz que os primeiros seres surgiram em condições mais extremas de vida, nutrindo-se das reações provenientes de substâncias inorgânicas, como é possível observar nos dias de hoje em algumas bactérias.

As primeiras células

Os cientistas acreditam hoje que a primeira célula surgiu na Terra há mais ou menos 3,5 bilhões de anos. Com uma estrutura muito simples e funcionamento arcaico, seria formada apenas por uma membrana plasmática que delimitava um citoplasma.

Nesse citoplasma, encontravam-se as moléculas de ácidos nucleicos, formando uma estrutura que se chama nucleoide. Esse tipo de célula é chamado hoje de procariota. Bactérias e algas azuis são alguns exemplos atuais de descendentes dos primeiros seres vivos a ocuparem o planeta.

Foi a partir dos organismos procariotas que, com a evolução, surgiram os seres mais complexos em sua organização: os eucariontes. Esse fenômeno se deu há, aproximadamente, 1,5 bilhões de anos, sendo que atualmente a maioria dos seres vivos é constituído por células com esse tipo de organização.

Exercícios da origem da vida

A origem da vida é um prato cheio para vestibulares e concursos como o Enem. Entender como funcionam as células dos seres vivos atuais, como eram estruturados os organismos mais precários e quais são as teorias e hipóteses que tentam explicar o surgimento da vida na Terra são tarefas fundamentais para quem quer se dar bem nas questões de Biologia.

E uma boa maneira de conseguir ficar fera nas questões sobre a origem da vida é praticando com exercícios, principalmente aqueles que já caíram em vestibulares ao redor do Brasil. A boa notícia é que aqui no Stoodi você encontra uma base com mais de 30.000 questões de Enem e vestibulares como Fuvest, Unicamp, UFRJ e outros!

Quer ficar craque nas questões sobre a origem da vida? Então confira nosso banco de dados! São mais de cinquenta questões sobre a temática da origem da vida na Terra!

A origem da vida é um assunto muito vasto, capaz de ser tema principal de muitas questões de Biologia, além de ainda poder ser tema de redações em diversos vestibulares no Brasil. Por isso, nada melhor que estudar a fundo para ter tudo na ponta da língua!

Gostou do nosso artigo sobre a origem da vida? Então não deixe também de dar uma olhadinha no Plano de Estudos do Stoodi! Com ele você alinha seu dia a dia de estudos, conseguindo um ganho na produtividade e aumentando as chances de conseguir passar nos vestibulares!

Campanha Pesquisa de Carreiras